Dinâmica para retorno às aulas

                                    DINÂMICAS PARA RETORNO ÀS AULAS Dinamica1
O período de volta às aulas é uma etapa de recomeço. Por isso, é possível
 que se levem alguns dias para retomar a dinâmica e ritmo em classe.
Pensando nessa fase de transição e readaptação à rotina escolar, é importante
integrar os alunos novos e receber bem os antigos. Para isso, os professores
 podem usar sua criatividade e investir em jogos e atividades cooperativas e
colaborativas que envolvam questões de desenvolvimento pessoal, social e
emocional, além de cidadania.
Sempre respeitando a individualidade de cada aluno, as características do grupo
 e a liberdade criativa do professor, essas atividades podem também representar
algo que se estenda até o ambiente familiar.
A exploração do tema “férias” é um bom recurso a ser utilizado nessa rotina gradativa
de volta às aulas. Cada professor, conhecendo as individualidades de seus alunos
 e grupo, pode colocar em prática suas ideias disponibilizando espaços nos quais as
 crianças possam contar sobre suas experiências, vivências, aprendizados e aventuras
 de férias, de modo espontâneo.
Veja a seguir algumas atividades recomendadas:
Árvore das férias
Recomendado para
 crianças do Ensino Fundamental I e II, essa brincadeira
Dinamica2 consiste em montar uma árvore com os registros
 de tudo que aconteceu
nas férias.
Sugestão:
De um modo criativo, a turma deverá criar uma árvore
 onde o professor coloca perguntas relacionadas às
 férias: como foi? Com quem foi? Para onde foi?
 O que mais gostou? O que não gostou? Ou pede
para os alunos descreverem uma atividade relevante
 ou um momento desafiador etc. O professor pode ser
bastante abrangente de acordo com seus alunos e turma.
Cada criança receberá uma “folha da árvore” para
escrever ou desenhar o que quiser. Depois, essa folha
 deve ser fixada na árvore para, em determinado momento,
 alunos e professor compartilharem esse material.
Aproveite para ampliar os diálogos e abranger as aprendizagens a partir das informações
 trazidas pelos alunos, como: localizações, diferentes línguas e culturas, sentimentos etc.
Não deixem as bexigas caírem
Dinamica3Outro jogo cooperativo e bastante dinâmico,
 que representa a importância do indivíduo
 e sua colaboração para o sucesso e as conquistas do
 grupo é chamado: “não deixem as bexigas caírem”.
Essa atividade promove um momento de descontração e
colaboração que aproxima os alunos e pode ser trabalhada
 com diferentes faixas etárias.
Sugestão:
O professor convida todo o grupo a se dispor em uma sala
 com o intuito de não deixar as bexigas que serão jogada
s caírem no chão. Em seguida, o professor começa a jogar
 bexigas cheias para que o grupo as mantenha no ar. A quantidade de bexigas deve ser
 definida de acordo com o número de alunos no grupo, de modo que haja uma bexiga para
 cada cinco alunos. Então, o professor começa a retirar aleatoriamente um aluno da
 brincadeira (explique isso antes para não causar chateações), até que não restem alunos
 suficientes que consigam manter as bexigas no ar.
A ideia é mostrar que todos são fundamentais para o grupo e assim estreitar os vínculos
 entre os alunos.
O comprimento
Por fim, que tal promover uma dinâmica para, além de integrar o grupo, desenvolver
 a noção de estimativa, equivalência e medida por meio de comparações.
Sugestão:
Começar a brincadeira organizando os alunos em quatro grupos. Cada um deles deve
 receber ou escolher um objeto que substituirá a régua como unidade de medida. Esse
 objeto pode ser uma caneta, uma borracha, um livro ou até alguma parte do corpo da
 criança. Deixe que cada um escolha o objeto desejado.
Em seguida, será o momento de definir o que cada grupo deve medir, como, por
 exemplo, a carteira, a porta, a lousa, a altura da parede onde começa a janela, a
 altura do colega etc.
Porém, antes que a turma inicie as medições, as crianças deverão fazer estimativas
, como, por exemplo: quantas borrachas elas acham que seriam necessárias para
determinar o comprimento da mesa? E a largura? Etc.
Após a medição, os resultados das estimativas podem ser comparados e utilizados
 para incentivar a percepção das crianças em relação às medidas-padrã
              Esperamos que essas dicas tenham ajudado. Boa volta às aulas

                       fonte:http://educacao.faber-castell.com.br

OUTRAS SUGESTÕES DE DINÂMICAS


1- Nomes nos crachás. Prepare antecipadamente crachás ( na quantidade de alunos da turma) distribua-os e peça que os alunos escrevam seus nomes nos mesmos. Recolha, misture-os e redistribua novamente. A dinâmica começa com um aluno colocando o crachá em alguém que ele suponha ter esse nome. No final, os alunos levantarão e confirmarão o nome colocado. Uma boa dica : Pedir para o aluno falar o siginificado ou motivo do seu nome.

2- Frase no cartão. Cada aluno ganha um cartão ( Você pode comprar ou confeccionar, ou até mesmo usar um pedaço de papel) . Escreve uma característica ( Física, intelectual, etc. Nada de chacotas ou outra que venha denigri a imagem do colega) de um colega nele. Recolha e redistribua. O primeiro levanta ( se quiser) lê o que está escrito e os demais tentam descobrir quem é.

3- Perguntas e respostas com brindes. ( Chocolates, etc) Faz um Quiz. elabore perguntas direcionadas( da matéria ou gerais). Organize-as por número. O aluno escolhe um número, o professor lê, caso o aluno responda certo ganha o brinde, caso erre, ganha outra coisa surpreza ( bala, etc)

4- Batucada da alegria. O professor pode utilizar um pandeiro, tambor ( caso não tenha , use uma lata, coco, etc). Enquanto toca, deixa passar algo por entre as mãos do aluno ( uma caneta, etc) no momento em que parar o batuque, o aluno que estiver com o objeto na mão, fala seu nome , idade e diz o que o deixa mai alegre.

5- Motivacional. Sonhos e desafios. Com recursos teconógicos( Data Show, Multimídia, Retroprojetor, Tv, Dvd, etc. O professor escolhe um bom vídeo ( se possível curto. até 15 minutos) apresenta na sala, depois distribui papéis para que os mesmos anotem os sonhos que querem realizar durante o ano letivo. ao final, faz uma roda e cada um expõe o que escreveu( se quiser)

6-Meu Super Herói. Com brilho e dinamismo o professor fala sobre diversos tipos de heróis que existem no mundo ( imaginário ou não) . Depois pergunta para os alunos: Que herói você gostaria de ser? Em seguida eles poderão desenhar ou escrever o nome do seu herói favorito. Direcione para as características positivas e leve-os a pensar o que ele tem em comum.

7-Caça ao tesouro. Divida a sala em 2 ou 3 ( ou no pátio ) Faça antecipadamente pistas de um caça ao tesouro ( Prêmio, balas, chocolates, etc) . Ao final converse sobre o trabalho em equipe e como isso servirá para o desempenho das atividades durante o ano.

8- Passando a bola.( ao ar livre, se possível). Com o grupo formado em círculo, o professor fala uma frase( ânimo, incentivo, etc) para alguém e joga a bola para o mesmo. A dinâmica continua até o último aluno participar. Refletir sobre as frases de incentivo faladas.

9- Auto - Retrato. Escrito ou Desenhado. Dê as boas vindas ao aluno e se apresente de forma escrita ou desenhada. Peça aos alunos que procurem fazer o mesmo. Seja suscinto e objetivo( nome, idade, sonhos, gosto, etc. Ao término , os alunos apresentarão a atividade. Valorize a auto-estima

10- Quebra Cabeça. Monte ou compre Quebra-Cabeças diferentes( com a mesma quantidade de peças) Divida a sala e grupos. Observe o entrosamento, comportamento, soluções e dicas. É possível conhecer um pouco dos alunos nesse primeiro dia de aula. Ao final Reúna o grupo e discuta : quais estratégias eles utilizaram, como foi o envolvimento dos participantes, que dificuldades apareceram, aproveite a ocasião e defina suas metas e objetivos para a sua matéria.
Refererências: 

Nenhum comentário:

Direitos autorais

Direitos autorais