FÉRIAS! O mergulho é divertido e vale para a família inteira


Atualizado em 02/12/2012 às 18:20

QUER GANHAR UM DINHEIRO EXTRA? CONFIRA NO LINK ABAIXO!
http://www.datahosting.com.br/afiliados/ok.php?id=6695
e
<a href="http://www.datahosting.com.br/afiliados/ok.php?id=6695_6">Afiliados</a>

O mergulho é divertido e 

vale para a família inteira

Não é preciso saber nadar para começar a mergulhar

TextoLudmilla Balduino
mergulho
Que tal visitar o habitat do Bob Esponja? Não pense que vá encontrar
 o Patrick ou o Gary. Há outras vidas interessantes (e bem reais) no 
fundo do mar! Para conhecer este mundo, nada melhor do que praticar
 mergulho.
Além de te ajudar a entender a vida submarina, o esporte pode
 melhorar sua concentração e sua responsabilidade. Essa atividade 
relaxante e divertida também é ótima para alongar o corpo e desenvolver 
os músculos.
Chame a galera!
Por ser de baixo impacto e não ter contato físico com pessoas,
é mais
 difícil se machucar no mergulho do que em outros esportes. Mas não
 pense em se afundar na água sozinho!
A primeira atitude é procurar uma escola de mergulho que dê aulas para crianças.
 O melhor é que você pode chamar seus pais, irmãos e quem mais estiver a fim
 de aprender a mergulhar. E todos podem cair na água juntos!
EQUIPAMENTOS
1. Esse tubo, o snorkel, fica dentro da boca e ajuda a respirar perto da superfície.
2. A máscara é útil para enxergar debaixo d’água.
3. O manômetro é um relógio que marca a quantidade de ar que resta no cilindro.
 Funciona como o ponteiro da gasolina de um carro. Às vezes, o mergulhador quer ficar em uma profundidade, sem subir ou descer.
4. O colete tem bolsas de ar que podem ser infladas e esvaziadas com ajuda do cilindro, fazendo pessoa “flutuar” lá embaixo.
5. O regulador de ar controla a saída de ar do cilindro para poder respirar embaixo da água.
6. As nadadeiras ajudam a se locomover com mais agilidade na água.
7. O cilindro contém o ar que vamos respirar (que não é oxigênio, e sim ar da atmosfera).
8. Feita de um tecido chamado neoprene, a roupa é ideal para mergulhar em água muito fria. Também protege contra raspões no fundo subaquático.
9. O cinto contém pesinhos que o ajudam a nadar em uma só profundidade, sem subir ou descer.
Eu gosto de mergulhar para ver peixes, estrelas-do-mar... Já vi até cavalo marinho! Eu pratico o esporte desde os 7 anos, e um dia inesquecível foi no aniversário do meu pai, em 24 de fevereiro deste ano. Ele mergulhou comigo. Vimos um caranguejo enorme e uma aranha do mar, enquanto minha mãe nos acompanhava fazendo mergulho de superfície. Pablo León Jiménez, 9 anos
Dica!!!!
Não é preciso saber nadar para começar a mergulhar. Se você gosta de água e se sente bem dentro dela, o mergulho pode ser uma boa opção de esporte!
Mar ou piscina?
Uma boa notícia para quem mora longe da praia: é possível aprender mergulho na piscina. A diferença é que não há aquelas surpresas que existem na água do mar, como bichos exóticos, ondas e alteração inesperada da profundidade.
AS FASES DO MERGULHO
Como em um videogame, é preciso se desenvolver para ir cada vez mais fundo. Mesmo assim, o aluno de mergulho deve sempre estar acompanhado de um adulto profissional
As escolas aceitam crianças de 5 anos ou mais. Até os 8 anos, o mergulho é feito na superfície, no mar raso.
É obrigatório usar um colete que não deixa afundar. Após os 8 anos, o aluno pode afundar até dois metros. O legal dessa fase são as brincadeiras e competições engraçadas com bolhas e objetos.
Dos 10 aos 15 anos, já dá para começar um curso básico e descer até 12 metros. Mesmo assim, o aluno deve sempre mergulhar com adultos profissionais.
Quem completar 15 anos pode obter a certificação Open Water Diver, que permite mergulhar acompanhado de outro mergulhador e atingir uma profundidade de 18 metros.
Para explorar o interior de cavernas e navios naufragados, o mergulhador deve fazer um curso especial, já que essa atividade exige muita responsabilidade.
Fontes: Bárbara Ivy Lisboa Sordi (educadora física e coordenadora do setor aquático da Academia Gustavo Borges, em curitiba – PR) e Sergio O. Jiménez (diretor geral da escola Hy Brazil Mergulho, em Bombinhas – SC).
fonte: www.recreio.com.br

Nenhum comentário:

Direitos autorais

Direitos autorais