ENTENDA O DEFICIT DE ATENÇÃO


Entenda o déficit de atenção

Quando a criança é agitada demais, ela pode sofrer de transtorno do déficit de atenção. Descubra o que é esse problema e se seu filho precisa de ajuda

23/03/2012 14:28
Texto Angélica Sales
AnaMaria 
Foto: SCX
Foto: Identificar apenas alguns sintomas não é o suficiente.
Identificar apenas alguns sintomas não é o suficiente.
Inquietude, falta de concentração, impulsividade. Parece que todo menino e menina é assim. Mas, às vezes, esses traços podem ser sinais de uma doença que atinge de 3% a 5% das crianças no mundo: o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH). O problema, de causas genéticas, surge na infância e pode até atrapalhar o rendimento escolar e a relação com os colegas.

"O importante é verificar se esses sinais persistem há mais de seis meses e acontecem em dois locais diferentes. Às vezes, a criança é hiperativa em casa, mas se comporta bem na escola e na aula de judô, por exemplo", afirma o médico Erasmo Casella, neurologista da infância e da adolescência e coordenador do Ambulatório de Distúrbios da Aprendizagem do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Diagnóstico só em maiores de 6 anos


Para obter informações sobre o comportamento da criança, a mãe precisa sondar a escola. "Quando há um problema que causa prejuízo na aprendizagem, a própria professora repara", diz Casella. O diagnóstico, no entanto, só deve ser feito após os 6 anos. "Quanto mais imatura for a criança, mais fácil confundir."

Em muitos casos, o diagnóstico requer o uso de estimulantes. "O primeiro passo é relatar o problema ao pediatra", diz o médico. Não buscar ajuda é um erro, porque o transtorno pode acompanhar seu filho na vida adulta e causar problemas familiares, sociais e profissionais.
Abaixo, estão alguns dos sintomas que sugerem o distúrbio. Mas é importante lembrar que há outros critérios e apenas identificá-los não é o suficiente para fazer um diagnóstico.
  1. Não consegue pretar muita atenção
  2. Parece não estar ouvindo quando se fala diretamente com ela
  3. Não segue instruções até o fim e não termina deveres de escola, tarefas ou obrigações
  4. Tem dificuldade para organizar tarefas e atividades
  5. Perde coisas necessárias para as atividades (por exemplo, brinquedos, deveres da escola, lápis ou livros)
  6. Distrai-se com estímulos externos
  7. Mexe com as mãos os os pés ou se remexe na cadeira
  8. Sai do lugar na sala de aula ou em outras situações em que se espera que fique sentada
  9. Não para ou frequentemente está "a mil por hora"
  10. Fala em excesso
  11. Responde a perguntas de forma precipitada, antes de elas terem sido concluídas
  12. Tem dificuldade de esperar sua vez

Nenhum comentário:

Direitos autorais

Direitos autorais