POEMAS - CONSCIÊNCIA NEGRA





Consciência negra

Chega de racismo
De história mal contada
Chega de hipocrisia
De mentira esfarrapada
Esse preconceito infeliz
Que por aí diz
Que negro não vale nada.
O negro também precisa
Ser privilegiado
Chega
de arrogância
Branco tenha cuidado
Com o preconceito em alta
Pois quem muito se exalta
É sempre humilhado.
Preto, branco e mulato
Vamos nos unir
O preconceito é horrível
E não é para existir
Já que todos somos irmãos
Essa grande nação
Espalhada por aí.

A consciência negra
Quer exatamente
Provar que somos iguais
E não diferentes
São lutas populares
Como as de Zumbi dos Palmares
Que morreu pela sua gente.

É preciso desde já
Com amor todo gentil
Acabar com o preconceito
E ver em nosso Brasil
O negro sorrindo tanto
Como a Daiane dos Santos,
Pelé e Gilberto Gil.


de Francisco Carneiro Barbosa
Trairi - CE - por carta


Ser Negro

Não basta ser negro,
Tem que ter gingado.
Não basta ser negro,
Tem que ser capoeira.
Não basta ser negro,
Tem que ser maculêlê.
Não basta ser negro,
Tem que ser funk.
Não basta ser negro,
Tem que ser samba.
Não basta ser negro,
Tem que ser hip hop.
Não basta ser negro,
Tem que se sentir negro.
Não basta ser negro,
Tem que se gostar.
Não basta ser negro,
Tem que conhecer sua história
Para ter orgulho
De ser negro.


de Marilda Dias
Rio de Janeiro - RJ - por correio eletrônico





Deus Negro

Olho minha cor
Minha consciência
Hoje sem senzala
Minha pura essência!Rosnam contra mim,
Numa cela imunda,
Ou na construção!
Dizem meus amigos
Para o alçapão!
Deus, qual a tua cor?
Ouço vozes contra
Não são do além!
São as mesmas sempre
Da escravidão!
Querem me algemar
Querem me prender!
Querem anular,
O meu coração!
Esse, nada vai calar!
Sim, hoje melhorou,
Um pouquinho só...
Consciência Negra,
Já estava escrito:
“Façamos o homem
À nossa imagem
E semelhança”
Deus Negro!


de Antônio Gomes
São Paulo - SP - por correio eletrônico


Negritude e Liberdade

O povo negro muito já sofreu
Uns ainda continuam sofrendo
Preconceitos, discriminação
Por gente ignorante, ateu
Pessoas desumanas, sem coração.A negritude não é um defeito
É apenas uma das milhões de cores
Que deus coloriu o mundo
Nessas cores, não há jeito que dê jeito
Só o preto é que dá o retoque final
A toda a beleza natural
Do paraíso que foi feito.
Liberdade de fachada
Não é o que se quer
Queremos mesmo é ser livres
Como deus determinou
Amar e ser amados
Pelos irmãos de outra cor
Viver em paz, sem discórdia
Num mundo de sonhos e de amor.


de Maria Dionésia Santos da Silva
Santa Cruz do Piauí - PI - por correio eletrônico

Pluralismo

A cor universal é negra
pela ausência e essência
da absorção do corpo
É delito conflito
abjeto em nós

A cor ausente de luz negra
pluraliza o verbo
Colori o infinito
em perfeito vazio
em tempo espaço universo.


de Jorge Amancio
Brasília - DF - por correio eletrônico
Image du Blog perolascraps.centerblog.net

Nenhum comentário:

Direitos autorais

Direitos autorais